O estoque é responsável por atender demandas que movem todos os fluxos da sua indústria. Por isso, é necessário definir estratégias para gerir o seu estoque industrial, melhorando os processos de transporte e armazenagem dos materiais. 

Afinal, além de manter a agilidade, precisamos atender às demandas com produtos de qualidade. Os suprimentos necessários para as peças do maquinário, os recursos para confeccionar os produtos para os clientes, o atendimento às empresas parceiras, o uso de materiais perecíveis… Tudo precisa acontecer de forma rápida e eficiente, pois tempo parado significa perda de lucro.

Para te ajudar a otimizar os processos enquanto reduz problemas com custos indevidos e atrasos, indicamos a ferramenta do Estoque Zero.

O que é o Estoque Zero?

O Estoque Zero é a técnica de manter o armazenamento dos materiais dentro do espaço industrial ou em instalações próximas e terceirizadas, para que não seja necessário comprar antecipadamente itens do estoque. 

A gestão pode ser terceirizada, feita por um operador logístico, para que seja gerenciada a relação entre fornecedores e a indústria, além do recebimento, verificação da qualidade e armazenagem dos produtos quando requeridos.

Dessa forma, o pagamento aos fornecedores só é feito quando o material é utilizado na indústria. Na prática, você manterá os materiais estocados e inutilizados, mas sempre à disposição, para que não tenha que comprar imediatamente os recursos que faltarem. 

Os materiais devem ser repostos depois de utilizados, de modo que a sua indústria consumirá apenas o necessário para cumprir a demanda dos clientes, fabricando produtos imediatamente vendidos.

É fácil imaginar que o Estoque Zero diminui muitas dores de cabeça de qualquer gestor: altos custos de investimento com armazenagem, compras desnecessárias, produtos estragados… Vamos começar a falar sobre os benefícios. 

As vantagens e desvantagens

No Estoque Zero, só há aquisição de mais matérias-primas quando são necessárias para a linha de produção. É um método que acompanha a velocidade do mercado, diminuindo investimentos desnecessários. Essa mudança tão simples traz inúmeras vantagens:

Estoque mínimo – Você não precisa ter um armazém ou manter um espaço físico, nem mesmo gastar com uma equipe, pagar por aluguel, seguro e todos os gastos do espaço, pois o estoque estará minimizado. 

Redução de custos – O estoque que não é bem gerenciado pode trazer muitos custos para a empresa, além da possibilidade das sazonalidades na indústria te surpreenderem e os recursos comprados nem serem utilizados. Altas quantidades de materiais custam caro e, com esses custos reduzidos, você pode eliminar riscos e investir o dinheiro em outras áreas do seu negócio.

Menos desperdícios – Com o Estoque Zero, você compra apenas o necessário e o desperdício praticamente não existe. Você não terá que lidar com prateleiras lotadas de um material desnecessário ou que ficou obsoleto e perdeu a validade.

Maior controle sobre o processo – Com as compras e vendas controladas, o fabricante tem controle também sobre a fabricação. Você pode aplicar reduções ou aumentos da produção rapidamente e com facilidade. 

Melhor produtividade – O processo controlado, favorecido pelo Estoque Zero, fabrica o que é necessário, no tempo necessário e na quantidade necessária. A produtividade fica mais acelerada e eficiente.

Fluxo de trabalho otimizado – O Estoque Zero traz mais agilidade para a produção, pois os produtos chegam e saem com rapidez, apenas quando são de fato necessários. A equipe fica mais focada, pois o processo está organizado e eficiente. Assim, você entrega o seu produto com qualidade e rapidez.

Maior satisfação do cliente – Com a redução do lead time (tempo entre o início e a execução do processo) e dos custos, toda a sua atenção vai estar focada no cliente. O fluxo otimizado garante uma entrega mais rápida e menos custosa. 

Melhor relacionamento com fornecedores – Os seus clientes estarão mais satisfeitos, e os seus fornecedores também. As falhas por causa de entregas demoradas, compras sem planejamento e quantidades erradas serão minimizadas, facilitando a comunicação. 

Mas também existem desvantagens: a curto prazo, a procura precisa ser estável, pois não há tanta flexibilidade e variedade no sistema produtivo dos fornecedores. Antes que o fluxo de materiais fique contínuo e as empresas se adequem, a procura precisa ser linear até que todos estejam adaptados.

Em caso de demandas instáveis por parte da sua indústria, manutenções de estoque serão necessárias. Há também possibilidade de greves por parte dos fornecedores ou outras interrupções mais “imprevisíveis”, que podem gerar risco de interrupção da sua produção.

Como minimizar as desvantagens?

Toda a melhora na produtividade gera uma entrega mais rápida do produto e maior satisfação do cliente. É uma solução adaptada ao mercado atual, no qual manter um estoque pegando poeira não é lucrativo

As melhorias operacionais vêm em diversos níveis. Com o Estoque Zero, seguimos a demanda real, a necessidade do cliente, reduzindo custos desnecessários. Melhora o fluxo de caixa, transporte, libera orçamento e abre espaço para investimentos em outros departamentos. A técnica é diferente da abordagem tradicional, que se baseia em previsão de demanda e menor velocidade.

Para minimizar as desvantagens, nós oferecemos algumas dicas:

  • Desenvolva um bom relacionamento com os fornecedores, estando ciente de qualquer possibilidade de interrupção no fornecimento e mantendo uma comunicação otimizada.
  • Crie sistemas para obter dados e interpretar informações sobre o estoque. 
  • A partir dos sistemas, mantenha registros de estoque, atualizando quando um artigo foi vendido ou uma peça foi comprada.
  • Indique e mantenha a equipe informada sobre pontos críticos, tomando cuidado para ser eficiente no cumprimento das demandas que surgem e não perder oportunidades de venda, já que as compras dos materiais são mais imediatas.

Preparado para aderir ao Estoque Zero? Nós indicamos dois materiais que podem te ajudar: entenda como otimizar a previsão de peças na indústria e entenda mais sobre estoques.