Aumentar desempenhos, melhorar processos, produzir mais e de forma otimizada são sonhos e metas de todo gestor de indústria. Eficiência é um nome que importa muito, um objetivo a atingir. Por isso, queremos ajudar você nessa jornada! Hoje vamos falar sobre a eficiência operacional na indústria e como alcançá-la. 

O que é eficiência operacional na indústria?

A eficiência operacional na indústria está relacionada diretamente com os procedimentos internos. Adotamos medidas para melhorar processos, capacitar a equipe e melhorar todos os fatores: desde o maquinário até os colaboradores e líderes. O objetivo é a otimização geral, com análise de erros, problemas e gargalos, no intuito de solucioná-los e ter um bom retorno financeiro.

Quais os benefícios de implementá-la?

A rotina industrial precisa ser aperfeiçoada para que a produção aumente. Essa é a mais clara qualidade de uma boa eficiência operacional: boa produtividade. Mas não para por aí! Com a eficiência, a gestão será melhorada, os desperdícios serão eliminados e você terá vários outros benefícios: 

  • Diminuição dos custos
  • Melhoria na qualidade dos produtos
  • Automação industrial
  • Reconhecimento de falhas
  • Aceleração da produção
  • Gestão de estoque eficiente
  • Qualidade de entrega e cumprimento de prazos

Produzir mais em menos tempo, enquanto aumenta a qualidade dos seus serviços e produtos parece um sonho, mas não é. De fato, também não é uma tarefa fácil, pois é importante ter um planejamento e adaptar os seus processos para diminuir custos, implementar técnicas e treinar a equipe. Quer saber como aplicar essa ferramenta na prática? Vamos para o passo a passo. 

Quatro etapas para atingir a eficiência operacional na indústria

Quando aplicamos a eficiência operacional, ela muda todo o sistema na indústria, pois afeta a logística dos departamentos: desde o transporte até o monitoramento, produção e setores em geral. Afinal, é a forma de garantir competitividade, e uma indústria precisa fortalecer todos os lados para garantir qualidade. O cliente também é muito beneficiado por essa melhoria, pois todo o atendimento será otimizado.

Para alcançar esse objetivo, vamos te apresentar quatro etapas que ajudam gestores e empresários a entender como colocar a eficiência operacional em prática. É importante ter disciplina e engajar a equipe, pois a melhoria não continua sem consistência. Você vai perceber as mudanças em curto e médio prazo.

Realize o mapeamento dos processos 

Não há como saber onde implementar a eficiência operacional sem um bom mapeamento de processos. Trabalhe com mapeamento e identificação das falhas nos equipamentos da indústria, para saber onde aplicar a manutenção preditiva, corretiva ou preventiva. Já falamos sobre manutenção de máquinas aqui.

Também é importante verificar onde é possível reduzir custos, quais processos precisam ser melhorados, acompanhar a execução dos trabalhos e a rotina industrial. Analise tudo! Nós te ajudamos a saber como identificar falhas e gargalos nesse artigo com o passo a passo.

Capacite os seus colaboradores

A capacitação é um benefício para você, para a sua indústria e para os seus colaboradores. A equipe se sente mais segura, confiante, valorizada e motivada quando sabe que tem o treinamento certo para as tarefas. Implemente workshops, treinamentos, capacitações, debates, palestras etc 

No decorrer do tempo, mudanças acontecem na indústria, novas tecnologias são adquiridas, e é essencial que os seus funcionários entendam bem cada processo. É claro, você também precisa avaliar a capacitação que todos tinham ao serem contratados e como valorizar esse potencial. Analise se existem distrações, ociosidade, falta de metas, fale com cada colaborador individualmente e peça feedbacks também sobre a sua gestão. A produtividade e eficiência com certeza terão melhorias.

Para essa etapa, indicamos:

Entenda a ferramenta da cultura da gamificação

Construa um planejamento de soluções


Após toda essa avaliação e registro de processos, é a hora de planejar as soluções. Com os pontos de melhoria identificados, você vai buscar a forma mais eficiente, rápida e que menos gasta para gerar melhores resultados. Pode parecer difícil, mas não é. Chame a sua equipe para gerar soluções em cada processo do qual eles fazem parte. Temos algumas ferramentas para te indicar:

Metodologias ágeis

Ferramentas para gestão

Gestão eficiente de estoque

 

Invista em tecnologia

A Indústria 4.0 não vive sem tecnologia. Não se adaptar ao mercado moderno é perder competitividade e ficar para trás. Invista em sistemas de automação industrial e de registros, como citamos no artigo para gestão de estoque, no intuito de evitar que produtos percam a qualidade, atrasos no transporte e outros problemas resultantes de erros humanos. Adquira maquinário com a tecnologia de ponta ideal para o seu processo, sistemas para armazenamento de dados e equipamentos que facilitem a rotina, tornando o ambiente de trabalho mais eficiente e saudável. 

Monitore os dados das operações e avalie resultados

A tecnologia também ajuda no monitoramento, registro e comparação dos resultados alcançados. A eficiência depende de continuarmos avaliando o desempenho, então observe a situação dos processos. O acompanhamento da execução das tarefas permite evitar falhas e manter a qualidade. 

A eficiência operacional depende de um ciclo de melhorias, então mantenha periodicamente as avaliações dos processos. A análise de etapas deve ser feita semestralmente. A eficiência operacional amplia as oportunidades para o seu negócio, mas ela também depende da eficácia das suas máquinas. A Macro Metal  fabrica peças personalizadas e pensadas singularmente para o cliente contratante, como também realiza as manutenções necessárias. Cuidamos da sua indústria sempre! Fornecemos peças sob medida, com tecnologia de ponta, ágil e precisa. Fale conosco!