A manutenção preventiva na Indústria 4.0 não é só conserto de máquinas. Embora o conserto em si seja muito importante, essa ferramenta auxilia também na checagem de pontos importantes da rotina de produtividade da empresa, evitando danos futuros dos equipamentos e também prevenindo gastos desnecessários. 

Em um mercado com tanta tecnologia e tanta diversidade no maquinário, para fazer uma boa checagem preventiva, é importante o planejamento adaptado às características da sua empresa. Quer saber mais benefícios da manutenção preventiva e entender como preparar uma para a sua indústria? É só seguir com a leitura!

A importância e os benefícios de uma manutenção preventiva na indústria 

O objetivo básico da manutenção preventiva é manter as condições originais e ideais de todos os equipamentos da sua indústria pelo máximo de tempo possível. É claro, que essa prevenção já é um enorme benefício. Garante que falhas e interrupções imprevistas não ocorram no meio da produção, evitando retrabalho, resultados de baixa qualidade, perda de dinheiro, tempo e muitas dores de cabeça. 

Além disso, a manutenção preventiva evita que ocorram acidentes de trabalho, garantindo um ambiente seguro para os colaboradores e gestores. Ao preservar os equipamentos, você vai reduzir também a necessidade de futuras manutenções corretivas e, inclusive, manterá o valor das máquinas mais próximo ao preço original de venda. É uma técnica que traz eficiência enquanto impede que você perca dias de produtividade.

Confira o checklist para realizar uma manutenção preventiva

Agora vamos te apresentar o checklist para realizar a implementação da manutenção preventiva eficiente! É essencial estruturar alguns processos para obter todos os benefícios de uma boa manutenção. 

Faça um diagnóstico dos equipamentos e levante informações

É hora de centralizar todos os dados que você possui sobre os equipamentos na indústria. Analise relatórios de inspeções anteriores, registros do funcionamento e estado das máquinas, fale com os colaboradores e organize uma base de dados sobre as condições das ferramentas na sua indústria.

Com o levantamento, você estará reunindo um inventário que terá todo o histórico que pode e deve sempre ser atualizado – como troca de peças, novas compras, dados de manutenções futuras, e outras coisas. Essas informações serão a base para o planejamento assertivo da sua manutenção preventiva, pois você terá mais conhecimento sobre a estrutura e as necessidades da empresa.

Faça uma análise dos dados coletados

Se algum problema acontecer durante um processo industrial, você tem uma ótima quantidade de informações que vão te ajudar a descobrir quais reparos são necessários. São aspectos particulares de cada máquina usada na empresa. Entendendo os motivos, fica mais fácil mapear quais marcas e tipos de equipamento têm qualidade melhor para a indústria.

Identifique quanto tempo normalmente as máquinas duram, quais práticas de conservação são boas, como e quando deve ser feita a higienização do maquinário, por exemplo. Os dados vão guiar cada parte do seu planejamento.

Elabore e registre o planejamento 

Agora fica mais fácil definir um bom plano de ação. Analise o que fazer para antecipar os problemas nas máquinas. É muito importante capacitar a sua equipe para essa fase, pois você vai precisar do auxílio dos colaboradores para conseguir ampliar ao máximo o seu planejamento. 

Identifique os pontos de otimização, as melhores formas de conservar os equipamentos, e registre cada etapa para que possa ser seguida sempre, mesmo quando os gestores não estiverem presentes. Depois, é possível voltar ao planejamento e verificar se as ações realmente funcionaram ou se é necessário otimizar o plano. 

Elabore um planejamento de custos

O planejamento eficiente também envolve um bom orçamento. É importante que o plano seja viável, então registre os gastos na equipe capacitada, ferramentas necessárias, materiais e outros possíveis custos. 

Defina prazos para realização da manutenção preventiva 

É importante lembrar que todos os benefícios da manutenção preventiva só serão garantidos se os prazos forem seguidos. Afinal, se passar o período correto para a manutenção, os equipamentos podem ter problemas e trazer dores de cabeça. Mantenha um cronograma e garanta que cada etapa do planejamento seja realizada em tempo hábil. 

Acompanhe todos os indicadores

Os indicadores vão te ajudar a acompanhar o andamento das manutenções. Só com dados bem registrados você vai poder ter certeza que a produtividade da sua indústria está na melhor performance. Acompanhe os indicadores também para aplicar correções, garantir a segurança do trabalho e cumprir as metas. Se necessário, mantenha planilhas e utilize ferramentas de gestão para conseguir controlar todos os fatores. 

Realizar a manutenção preventiva evita grandes prejuízos financeiros, mas isso só é possível com profissionais especializados envolvidos no processo. Além disso, é importante obter sempre peças de alto padrão e tecnologia de ponta para evitar custos adicionais com manutenções corretivas frequentes. A Macro Metal fabrica peças personalizadas, pensadas especialmente para a produtividade da sua indústria. Fornecemos agilidade e precisão nos melhores produtos industriais!