Maior qualidade em menos tempo, mais velocidade no atendimento, maior engajamento por parte dos trabalhadores… As necessidades empresariais, por vezes, parecem utópicas e sem soluções práticas – mas a realidade é que, com a ferramenta de Gestão de Processos, otimizar as etapas, conseguir cumprir objetivos e destacar qualidades fica muito mais fácil. Essa ferramenta, tão necessária e funcional, torna-se ainda mais imprescindível quando o assunto é chão de fábrica. 

O chão de fábrica é a base para os processos industriais – a produtividade, as durações de cada etapa e outras métricas muito importantes são monitoradas o tempo todo para que a empresa mantenha a melhor qualidade possível. As estratégias, o preparo da equipe e o bom planejamento tornam-se ainda mais importantes. 

O que são processos e como se situam no chão de fábrica?

O chão de fábrica, onde os funcionários e máquinas de fato produzem os produtos de uma indústria, é o coração do negócio. A linha de produção precisa estar bem definida – e ela, por si só, é um processo industrial muito importante. 

Processos são atividades e tarefas que, ordenadas em sua devida sequência, chegam a um resultado final. É muito comum uma empresa não conseguir otimizar o seu produto por não estar devidamente organizada nos processos internos. Cada negócio tem suas atividades já conhecidas para entregar o produto ou serviço ao cliente – é necessário saber se esses processos estão ocorrendo da forma mais otimizada. 

Para que haja um padrão de qualidade que satisfaça o cliente, é preciso que cada etapa seja organizada e administrada continuamente – ou seja, é preciso uma boa gestão do chão de fábrica. 

Quais os tipos de processos?

Em uma empresa, podemos dizer que existem os processos organizacionais básicos (ou primários), os de apoio e os que fazem parte da gestão. 

Processos Básicos: são os processos finalísticos, essenciais para a entrega do produto/serviço ao cliente, como os procedimentos médicos são para um hospital.

Processos de Apoio ou Suporte: como o nome já diz, apoiam os outros processos. São, por exemplo, a divulgação do produto ou publicidade, ou mesmo os treinamentos para funcionários.

Processos de Gestão: analisam as performances, dão feedbacks, dividem demandas – enfim, são os processos de gerenciamento da empresa. 

O grande desafio, atualmente, é decidir qual é a melhor forma de organizar todas essas fases. Os benefícios trazidos a partir de uma boa gestão dos processos são variados: 

  • As tarefas ficam melhor definidas, sendo mais saudável e justo para o funcionário, que não se sente sobrecarregado e pode dar o seu melhor na atividade que pratica;
  • Com a padronização dos processos, há redução de desperdícios;
  • Há também redução de custos;
  • A padronização das atividades leva a uma melhor gestão de qualidade: é mais fácil verificar qualquer erro ou etapa que precise de melhorias e, assim, o melhor resultado será entregue ao cliente;
  • O gestor ganha mais poder decisório, pois está ciente das atividades de cada um e poderá mais facilmente cobrar quando é necessário ou gerir demandas;
  • O aumento da produtividade é uma grande possibilidade.

Como melhorar os processos no chão de fábrica?

É sempre interessante a contratação de uma empresa especializada para prestar consultoria no momento da gestão dos processos. O atendimento especializado garante uma visão mais ampla e profissional em processos-chave que com certeza ampliará seus resultados. 

Para um começo de gestão de processos bem efetivo, você precisa começar com um planejamento:

Tenha um planejamento eficiente

A primeira etapa é identificar as falhas já existentes nos seus processos. Faça uma lista dos pontos que necessitam de aperfeiçoamento. Lembre-se: é necessário dedicar tempo em relatórios, verificando cada momento no chão de fábrica. 

O planejamento feito a partir da correção dessas falhas ajudará a aumentar os seus resultados, otimizando o serviço – também será mais eficiente na distribuição e implementação de recursos, bem como na disponibilização de um controle maior sobre cada processo para a gestão.

Avalie os pontos de sobrecarga e ociosidade

Quais áreas estão sobrecarregadas e quais equipamentos já são inutilizados? Essas informações, quando utilizadas para corrigir tal desequilíbrio, com certeza reduzirão seus custos. A melhoria de processos também se trata de gerir pessoas – então, naturalmente, a melhor distribuição de demandas otimizará seus resultados.

A manutenção dos equipamentos é muito importante

No chão de fábrica, os equipamentos são muito importantes. Paralisar a produção é um risco de perda de produtividade que você não pode correr. Para manter a qualidade durante todo o ciclo produtivo e evitar retrabalho, garanta sempre a manutenção dos seus equipamentos. A saúde financeira da sua empresa precisa que a linha de produção permaneça sempre trabalhando.

Utilize a tecnologia ao seu favor

Use e abuse de sistemas de gestão como o Trello e Asana para te ajudar na hora de organizar equipes, horários, eventos, demandas, etc. São métodos simples e práticos, facilmente atualizáveis e que possuem notificações para te lembrar dos afazeres. Para se comunicar com a equipe, os bons e clássicos grupos de Whatsapp ou Telegram proporcionam comunicados rápidos e efetivos. Parece uma tarefa pequena – mas a verdade é que sistemas de gestão integrados facilitam muito a monitoração e registro de dados que serão importantes para tomadas de decisão futuras. 

A Macro Metal é uma empresa especializada em manutenção no segmento de usinagem, pneumática e hidráulica industrial com atuação no Nordeste. A marca Macro Metal trabalha com soluções inovadoras e agilidade, aumentando a produtividade da sua empresa e facilitando a sua rotina operacional.

Entre em contato conosco!